segunda-feira, 21 de maio de 2012

São Thomé das Letras

Fiquei sem contato desde quinta... Sumi! Aconteceu que quinta meu pc começou a ligar e desligar sozinho! Levei pra manutenção e saí de tarde com minha prima Ana Rita, pra tentarmos fechar o convite de casamento dela (conseguimos!!!). Antes de ir pra casa, passei na ONG, depois fui buscar o pc. Chegando em casa, o mesmo problema no danadinho... Mas o problema não era com ele e aí então entendi q o pobre coitado do meu chuveiro tbm não era culpado por estarmos tomando banho frio... A CEMIG roubou metade da energia aqui nessa parte do bairro... TV, chuveiro, computador, entre outros, não ligavam ou ficavam piscando. Fiquei sem computador...
Sexta feira saí de casa cedão (mas nem adiantava tbm, pq a energia não voltou completamente na sexta!) e não deu pra dar sinal de vida... Tentei fazer isso da sala da minha mãe (trabalho), mas a internet tava bem lentium... no pc do marido (no trabalho tbm) também não deu pq lá ele tem IE 6. Isso existe ainda?!?!? Pois é... a internet tava melhor, mas não consegui acessar nada! Então nem pude dar notícias pra vcs, avisando que na sexta estaríamos indo para SÃO THOMÉ DAS LETRAS, sul de Minas... 337 km, seguindo pela BR381.
Fomos eu, marido e um casal de amigos nossos (que conheci por causa do marido, já q os dois são amigos de infância - e acho isso super legal!). Chegamos na cidade depois das 18hs, pq o GPS, nosso 'amigo', nos mandou pra cada buraco... mas tbm não sei se é culpa da cidade, por não estar 'mapeada'... Mas chegamos! E a cidade estava... SEM LUZ! kkkkk
Fizemos o check in na base da lanterna e fomos pro quarto, torcendo pra luz voltar, pra podermos ir ao Centro e comer algo... Menos de meia hora e voltou! UFA! Saímos pra conhecer algumas coisas no centro e aproveitamos pra jantar no Restaurante Alquimista. Tinha rodízio de massas e comi brusquetas e mta pizza! Marido comeu rondelli de frango e tbm mtas pizzas... Nossa noite? Foi de rei e rainha! Revezando o trono!!! kkkkk
SÁBADO
Manhã fria... já levantei tirando fotos! Essa subida aí é a entrada da cidade, por onde chegamos mas nem notamos nada por conta da escuridão... rs

Tomamos o café da manhã e pegamos estrada, com o vermelhinho!!!
 Estrada mto linda...
 E fomos direto pro ponto indicado pelo gerente da pousada: a Gruta do Sobradinho... Olhei praquilo e pensei "entro ou não entro?" Marido esperando, o povo q não ia entrar já estava voltando pro 'ponto de origem', o povo que ia entrar já entrando, nós sem lanterna, dependendo do pessoal q estava entrando... criei coragem e fui!
 O ponto claro lá na frente já é a saída. Essa luz nas pedras aí é a lanterna de cabeça do guia. A escuridão do lado esquerdo na foto (q tinha 3 pessoas) é o que se via pra trás da gente e, na verdade, é o que se via a um dedo na sua frente, sem a lanterna. Escuridão COMPLETA!
 E água extremamente gelada! Gelada de doer mesmo! Mas, pra atravessar a gruta, passamos por duas poças dessa, onde a água chega no meio da coxa... e o resto era só molhando o pé mesmo.
 Saímos na cachoeira do Sobradinho e eu fiquei tão nervosa que não lembrei de fotografar a ponte que tivemos que atravessar pra sair da cachoeira... #medo kkkk
Saindo da cachoeira, mais uma 'casinha' de artesanato local, com esses filtro dos sonhos pendurados, formando uma vista bonita não é?

Continuamos a caminhada. E já que tínhamos pego o bonde andando na gruta, acertamos com o guia e fomos junto com o casal que ele estava levando, pra conhecer outros pontos de STL.
Aqui, entrada pra cachoeira da Lua...

E aqui a Cachoeira da Lua, onde esse menino começou a querer aparecer pros turistas, zoando o guia e fazendo gracinha na corda e pulando dos lugares onde o guia nos falava...total sem noção!

Mais à frente, cachoeira Eubiose. LINDA! Mas essa daqui tem a água mais gelada do que dentro da gruta! Doeram os ossos todinhos das pernas!!!
 Infelizmente o SER HUMANO ainda não sabe aproveitar de lugares assim e o nosso guia, q tbm passa por esses lugares uma vez por mês recolhendo o lixo que alguns porcos deixam, foi lá em cima buscar uma garrafa vazia de catuaba q foi deixada na pedra...
 Eu fui lá em cima... e qndo desci, fiquei me perguntando como o povo enche a cara de catuaba e depois consegue descer na trilha pra sair lá de cima...
Depois dessa, fomos conhecer a Véu de Noiva, tbm linda...

De lá, voltamos, chegamos perto da pousada e saímos da cidade.... Fomos conhecer a Ladeira do Amendoim!
 Tá... vcs devem estar se perguntando "Que ladeira?" A ladeira deve ser de antes de chegar aí, viu? Pq, ô estradinha difícil! Terra e pedra (mta)! Mas vale a pena!!!
 A ladeira do amendoim (tem a rua do amendoim aqui em BH, q tem efeito parecido) é uma leve inclinação. Ali onde os carros estão parados, se deixar no ponto morto, carro desligado, ele sobe a 'ladeira' sozinho, pegando uma velocidade incrível (pra um carro desligado!). E fizemos tbm o teste nas próprias pernas, vindo correndo do lado oposto, de costas e, qndo chegávamos nesse carro escuro, virávamos e voltávamos, tbm de costas. O embalo q o corpo pega SUBINDO é incrível!!!

Voltamos pra cidade correndo, querendo pegar o pôr do sol lá da Pirâmide, mas o sol já estava se pondo qndo ainda estávamos na estrada...
 Chegamos até o pé da pirâmide e continuamos olhando dali, com preguiça de subir e sentir frio...
 Mas fiquei curiosa! Gente demais ali, queria dizer que ainda estavam vendo algo. Som de violão. Subimos.
 De lá, realmente ainda valia a pena subir e ver o pôr do sol... Lindo, lindo, lindo!
 Ainda aproveitei pra fazer pose com a Tequila, a dálmata super fofa do nosso guia!
 E, chegando de volta à pousada, mais pôr do sol... Lindo demais!!!

 Tomamos banho e RUA! Jantar. Fomos no mesmo restaurante da sexta, dessa vez sem rodízio (chiuf, chuif). Vinho, cerveja, caldo de mandioquinha e filé à parmegiana. Seguimos à risca o cardápio, que dizia q um prato dava pra duas pessoas. Acabamos sobrando, pq um prato dava pra nós quatro tranquilamente!
Faz mal, não... embalamos!
Voltando pro hotel, 'pincumel' no bambu...

DOMINGO, dia de ir embora...
Ainda parei pra prestar atenção nessa construção sem lógica que fica do lado da Pousada... Tem uma casinha de cachorro lá dentro. E tinha um cachorro lá dentro. Mas como o coitadinho sai dali???

Amanheceu num frio que, diferente do sábado, eu saí com uma blusinha, outra de tricô + fina e outra por cima! Frio demais! Essa piscina aí, foi como a maior parte das cachoeiras: só me viram de longe! Nem o pé (ou mão) eu coloquei aí dentro!!! rs

Terraço da Pousada, com vista maravilhosa pras montanhas de Minas...

Saímos pra passear pela cidade, conhecer no Centro as coisas que ainda não tínhamos conhecido, como a Igreja de Pedra, que só tem graça o lado de fora msm (não entrei, mas o pessoal da cidade falou isso e eu acreditei rs) mas é uma praça bonita!

A rua que fica do ladinho da gruta São Thomé, que deu origem ao nome da cidade.

Curtinha essa gruta, com a imagem do santo lá dentro e fácil de passar (por ser curta, não fica escura durante o dia, como a outra...)

Depois q a gente sai, seguindo pela rua, chegamos nessa parte e subimos a escadaria...
 Tem uma vista bacana de um pedaço da cidade e dos pontos que visitamos no sábado (Pirâmida) e o que visitaríamos no domingo: a pedra da Bruxa e...
 ... o mirante.
 A vista da rua da igreja e da praça central.
 Descemos da gruta e fomos conhecer a Igreja. Infelizmente não pode ser fotografada, nem mesmo sem flash, mas é uma coisa linda!!! Altares lindos e a pintura no teto fantástica! Fiquei maravilhada e emocionada e ganhei alguns minutos do nosso tempo, fazendo orações de agradecimento pelas bênçãos recebidas neste ano e pedindo proteção às pessoas da nossa família e amigos.

Coreto da praça...

Pegamos o carro e fomos pra pedra da bruxa, que é essa abaixo, mas não achei um acesso tranquilo pra subir nela, então... fiquei devendo pra mim mesma! rs

Atrás da Pedra da Bruxa temos a Casa da Criança e...
 a ONG Brilho de Luz, que é de reciclagem. Achei um barato a localização dessas duas 'instituições', mas tbm meio perigoso... sei lá. O povo da cidade tá acostumado, né? rs

De lá fomos caminhando até o Mirante...

Que nervoso deu tirar essa foto desse homem (meu marido) aí na pontinha da pedra! Eu tremia de nervoso! Tirei a foto e virei as costas rapidinho, pedindo pra ele descer! kkkk

Vista do lado central da cidade...
 E aqui, da Pousada onde ficamos hospedados, com uma pedreira bem ao lado (mas q não incomoda no barulho). Afastada do centro uns 20 minutos, é perfeita pra quem quer sossego! Só no domingo msm é q fomos pro centro de carro pq o tempo era curto. E à noite é um silencio que não se pode encontrar no Centro... Em breve (agosto, provavelmente), a Pousada terá uma nova promoção no Vale Junto/Grupon, mas confira a Pousada das Estrelas.

Os quatro 'aventureiros': eu, marido, Silvana e Eduardo.

Voltamos pra pousada pra pegar as malas e almoçar... Como contei pra vcs, pedimos pra embalar o jantar de sábado. Conversei com o gerente da pousada (Sr. Carlos, o Sr. Simpatia) e ele nos autorizou almoçar na pousada, usando pratos, talheres, copos e o microondas deles!
Tudo feito, fizemos o check out e nos despedimos da linda São Thomé, com mta esperança de voltar e conhecer todos os pontos turísticos msm (as outras cachoeiras e o turismo ecológico entre outros)
Abaixo, o portal que passamos na entrada e saída da cidade. Aqui, infelizmente, é a saída...

São Thomé das Letras está a 1470 metros do nível do mar. Essa altitude nos presenteia com a visão do infinito... é perfeito! Em São Thomé temos a mata de cerrado e tbm mata atlântica. É incrível ver o encontro das duas. É lindo! E é incrível ver a maior parte das construções, todas feitas de quartzito, a pedra são Tomé, tão linda! Tbm somos presenteados com o vento (e frio) constantes! Coisa de, à noite, querer sair com 3 calças! Precisar de cachecóis e de umas 3 blusas e, se bobear, toucas! Se bobear, não. Lá PRECISA ter... não comprei pq não fazia sentido ter pra usar só por duas noite... ou melhor, uma só (a de sábado, no caso).
Mas é extremamente frio... da suíte da pousada eu ouvia o vento uivando na madrugada... mas lá dentro eu estava quentinha, debaixo de um cobertor + um edredom e acolhida pelo maridon!!

Enfim... é um passeio que recomendo a qquer um! Lugar lindo! Merece uma visita e mta admiração!!!

6 comentários:

Be.espinoza disse...

Muito bom!
Minas é mesmo uma coisa sem explicação, o mar de montanhas sem fim...
Vou fazer um passeio parecido com este, entre cachoeiras e trilhas, mas não sei se vou gostar tanto quanto você, sou medrosa!
O lugar é lindo, vocês aproveitaram bastante e seu histórico valeu a pena.
beijo.

ღღღღ Cici ღღღღ disse...

Uaaauuu... tirando a parte da falta de energia (rs) foi tudo perfeito, né?!
Que delícia de passeio!! Lindas paisagens, fotos incríveis tb... que gostoso!!
Obrigada por compartilhar!
Bjns, e uma linda semana!
:D

Lílian Almeida disse...

Olá Telma!
Passando pra desejar uma semana cheia de coisas boas , e muita paz no coração !
Que passeio mais lindo !
http://casascoisaseoutros.blogspot.com.br/
Beijo no ♥ !
Lílian

“Eu só vim lhe desejar um dia lindo. Com flores pelos caminhos que você percorrer. Com gente feliz ao seu redor. Com chuvas de sorrisos e de olhares que vem da alma. Não importa se grandes notícias não virão hoje. Que também não venham as más. Que seu dia seja de paz. Que você esteja em paz. E que você olhe os problemas de cima, e as pessoas que você convive, com olho no olho. Que as palavras do dia sejam leveza, doçura, calmaria, tranqüilidade. E que suas próximas horas sejam carregadas de pensamentos positivos e muita paz no coração. Só vim te desejar um ótimo dia. Colorido e florido.”
(Caio Fernando Abreu)

Adriana Balreira disse...

Já tinha ouvido falar de São Tomé das Letras há muitos anos atrás. Antes nem energia lá tinha. Uma prima minha foi nessa epoca. Só não fui porque achei que era muito cabeça. Pois antes era mais o povo mega alternativo que frequentava. Mas é lindissima mesmo a cidade. E amei as fotos que vc tirou.
E fiquei intrigada, se vcs passaram mal por conta da comida do rodizio, vc ficou triste por não ter mais no sabado????
Beijos
adriana

Ela disse...

Estive em São Tomé com meu marido. Eu adorei. A natureza do lugar é incrível. Vocês viram uma grande comunidade alternativa que existe perto da cidade? Maior loucura.. nós almoçamos lá, uma comida vegetariana da boa...!! Adorei ver as fotos e relembrar o lugar.