terça-feira, 19 de março de 2013

BC de Imagens {3} - Animais

Essa semana a Flávia escolheu um tema mto cute... E vou aproveitar pra contar a história da minha relação com animais... rs

Desde que me entendo por gente eu moro em casa. Morei em ap por um tempo, mas não lembro dessa época, não. Isso até 2 anos atrás, mas não cheguei nesse ponto ainda!
Sei que qndo éramos crianças tivemos uma cadela e tal, mas não me lembro dela.
Qndo moramos num condomínio, uma casa com uma área IMENSA e ganhamos dois cockers: Luan e Luck. Lindos e bagunceiros demais! Tão bagunceiros que foi decidido que não íamos ficar com eles pq nós (as crianças) não cuidávamos. É complicado pq qndo se assume um animal dizendo que é para o filho, tá errado... a responsabilidade é dos pais, sim. Pq criança não entende ainda de responsabilidade e o animal vai, sim, ajudar nesse ponto, mas não pode ser obrigação da criança... pq senão não vai dar certo mesmo! Aprendi isso com uma experiência que vou contar ainda...

Enfim... depois de Luck e Luan, custou mto pra termos outro cão. Foi só depois que nos mudamos pra uma casa bem maior (mas a área externa não era tão bacana qto a anterior...) e o canil ficava nos fundos da casa, onde, anteriormente, tinha sido uma caixa d'água, gigante! Quase uma piscina! rs E aí minha irmã ganhou um Husk Siberiano maravilhoso (esqueci o nome do cão agora... chuif chuif). Ela o ganhou ainda bebê  foi crescendo... crescendo... e ficou naquele canil imenso! Mas sozinho... não o soltávamos nem pra correr ao redor da casa... daí ele adoeceu e minha irmã tratou dele e optou, depois da primeira parte do tratamento, doá-lo. E aí ele foi embora... tbm...

Depois disso não tivemos outros bichos. Meu padrasto não aceitava cachorro em casa de jeito nenhum! Até que eu comecei a namorar e o namorado (hoje marido) quis presentear as filhas com um cão, pq elas adoram bichos! Daí o namorado da minha outra irmã levou uns filhotes pra gente ver e eu apaixonei pela fêmea... marido levou o macho pras meninas. Assim que meu padrasto soube, por telefone, daquela cadelinha lá em casa, avisou q qndo chegasse não a queria lá... minha tia a levou embora... nunca mais soube da nossa 1ª Liana...


Então... casei, mudei e... vim morar em prédio... ainda quero voltar a morar em casa pq esse negócio de prédio, de não ter uma área (privativa, pelamordedeus!), privacidade e etc... não gosto disso! E aí conheci as duas cadelas do prédio: Bianca (poodle gigante) e Isla (pinscher gigante) e fui me apaixonando por cachorro, mas de um jeito diferente de antes, de só ter por ter e não cuidar. Já queria ter com um senso de responsabilidade, claro.
Até que apareceu no prédio, debaixo do carro do marido, a nossa segunda Liana...
Que foi amor à primeira vista! No mesmo dia eu já a levei ao veterinário, paguei consulta, vacina, remédio pra verme e pulgas (tava cheia! dos dois... rs) e ela foi crescendo e era a minha maior companheira das tardes, enqto Sofia estava na escola.
Só que a bichinha foi crescendo e ficando mto sapeca! Subia na mesa pra comer nossa comida (se descuidássemos um pouquinho, já era!), furou a espuma do sofá num dia que tirei a capa pra lavar pq ela havia vomitado lá, comeu sutiãs, sapatos, chinelos, tênis... Daí marido não aguentou e disse "ou ela, ou eu" (não foi bem assim, mas quase). E eu sofri, viu?! Pq eu amava demais essa bichinha... e o fiz segurar as pontas até encontrar um lugar seguro pra onde ela ir... e meu vizinho a levou pra roça, tão longe que realmente só vejo qndo ele vai até lá e fotografa a cachorra doida... rs

Depois disso decidimos que vamos ainda ter outro cão. Mas só qndo estivermos morando em uma casa! Antes disso, sem chances! E eu concordo. E enqto isso nós vamos aproveitando outras oportunidades...

Mini fazendinha que teve no Shopping Del Rey ano passado e Sofia se encantou com um mini coelho.
Dois motivos pra não levar: coelho precisa de espaço e não pago R$100,00 num bichinho desse, não...

Joaninha encontrada no jardim do prédio. O que ela queria era guardar a joaninha... daí expliquei q não podia e ela ficou triste que a joaninha foi embora... mas outro dia ela iria encontrar outra, né? 

Passeio em setembro do ano passado.
Tem como não AMAR a natureza com um presente desses???

 No início desse ano Sofia encontrou esse passarinho na área do prédio e quis cuidar dele... levou pãozinho e até colocou a sombrinha pro sol não ferver ele... pq o bichinho tava doentinho e acabou morrendo... ela ficou triste de novo... Detalhe que essa foto foi ela mesma quem tirou! #OrgulhodaMãe

Tbm no início desse ano fomos passear em Casa Branca/Brumadinho pra buscar filhotes de labrador pra doar... e deu vontade de ficar com um deles... mas ainda sem condições!

E no Carnaval em Três Maria conhecemos um pessoal que estava vendendo filhotes de Pastor Capa Preta e ficamos novamente encantados!!! Decidimos que quando a casinha estiver pronta é desse aí que vamos ter!

Enfim... essa é a nossa história com animais. Amamos e respeitamos. Graças a Deus conseguimos comprar o nosso lote no início desse ano e aos pouquinhos vamos construir a nossa casinha. E, pra ficar ainda melhor, é num lugar maravilhoso pq nas ruas atrás do nosso lote tem muitos sítios, muito arborizado! Muitos pássaros... muitos bichinhos... e uma árvore bem na entrada do nosso lote (que vai continuar lá), para que os pássaros saibam que são muito bem vindos à nossa casa! E assim que estiver pronta, podem ter certeza, nosso cão estará lá tbm!!!!

Então, como vcs sabem, essa BC é uma iniciativa da Flávia Lino e eu AMEI participar essa semana!
Até a próxima, então!!

11 comentários:

Flávia Lino disse...

Que graça!

Muito obrigada pela sua participação!


Beijos

Flávia

http://euameivctbmpode.blogspot.com.br/

Marion disse...

Que história - de perdas e ganhos :(
Mas concordo, tem que estar tudo mais ou menos em dia na hora de decidir de novo, pra todo mundo ficar bem! Também levei a Kimy na BC: aqui. Abs.

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Telma
A do vestidinho ficou um mimo que só!!!
A carinha da menininha é tão linda abraçadinha com o bichano amado!!!
Como os animis são abençoados!!!
Bjm de paz e bem

Luciene Tenório Nunes disse...

Olá,
Td tem sua hora, mas ter de passar por todos estes revezes deve ter sido um tormento.
Olha, estou na torcida pelo próximo cão, o capa preta. Um amigo meu teve um fêmea, a Runa (já partiu), e ela era super carinhosa e protetora com os filhos dele. Além de obediente.
Bjs.

Eli Martins disse...

A vida é assim mesmo né, altos, baixos, mas a vitória é certa.
Adorei suas fotos, quase não vi a joaninha pq sou cegueta kkkk
Bj

EdeEtienne disse...

Oi, Telma! Que vocês consigam se organizar aos pouquinhos... e que a sua Sofia possa ter belas experiências com os bichinhos que vocês escolherem ter! Bjs.

Adriana Balreira disse...

Eu lembro de toda a novela Liana, a peste! kkkkkk...Mas tão fofa a Liana! E amei as imagens dela e dos outros animais!
Beijos
adriana

sandra disse...

como é lindo de se ver o amor da Sofia pelos animaizinhos.será que ela vai ser veterinária,rsrsrs.bjs!

Raquel Ramos dos Anjos disse...

Oi Telma. Sim eu tenho um cavalo. É um convivio muito bom. Um abraço.

Carol M disse...

Um mais lindo que o outro!

Adorei o passarinho embaixo do guarda-chuva, uma pena que já era a hora dele ...

É uma dádiva Sofia gostar tanto dos animais!

Ótima semana pra ti!

Bjinhos