sexta-feira, 25 de março de 2011

Lembrar, pensar, entristecer, mas ter esperança...


Ontem eu estava pensando na minha formatura e lembrando de como foi bom, apesar de eu ter pensado que seria o contrário, pq a minha turma era uó!

Me lembro da entrada, o grupo se abraçando, morrendo de amores uns pelos outros. Hoje só converso com 'frequencia' com um deles (e a professora mais bacana de todas que virou amiga, né, dona Paty?). As amizades da sala não permaneceram, apesar das promessas, rs.

Me lembro da espera e da arrumação: vestir a beca, nos colocaram a faixa vermelha, mas tinham falado que ia ser roxa! Poxa... Depois as fotos que... #morro de vergonha# não fui buscar ainda... (parte triste 1)

Depois entrar naquele lugar imenso, onde Seal fez o show dele aqui em BH. Prestenção, gente! O Seal fez show lá e eu me formei no msm lugar! Q q tem? O lugar é grande! Até chegar no palco e na minha cadeira... ui! rs Medo de cair, tropeçar, etc

E aí vieram as falações... que eu tbm não tenho, mas que deveria ter! rs Todos os paraninfos me emocionaram! O orador da nossa turma foi bacana (esse texto eu pedi a ele pra me enviar! Qndo encontrá-lo eu posto aqui). E aí começaram a chamar os nomes de acordo com o curso e receber o canudo é emocionante!!! A gente saber que chegou lá! Que conseguiu conquistar um diploma! (Pois é... tbm não busquei ainda... parte triste 2) Esse momento é mágico, sabe?

E então veio a parte das medalhas/incentivos! E eu sabia dos dois primeiros lugares e desconfiava de um ou outro pro terceiro lugar, mas a surpresa não podia ter sido maior pra mim, quando o primeiro nome (referente ao 3º lugar) foi o meu. Sabe... eu realmente NUNCA esperei isso, não! Eu gostaria de chegar lá, mas SABER que cheguei era algo que me assustava até!

Bom... essas lembranças estão registradas aqui. Hoje reli para fazer esse post.

Sobre entristecer mas ter esperança.
Me formei, não busquei as fotos, não busquei o diploma e não... CALMA! Já falo disso.
Vou me organizar pra fazer essas duas coisas. Não posso deixar passar mais assim, não! Quero ao menos ver minhas fotos (e saber qto vão me cobrar por elas... isso não é barato!) e quero ter o meu diploma nas minhas mãos! Ok... preciso tbm de um lugar para guardá-lo, né? Mas isso eu arrumo aqui!

Agora, o que mais me entristece, quase decepciona é que vou 'perder' a minha medalha.
Essa medalha dá o direito ao estudante que a receber de uma bolsa de 30% em algum curso de pós-graduação lá na facul. Isso eu não tinha explicado no post do ano passado.
Eu já tinha escolhido a minha pós, juro! Mas... pra que ganhar uma coisa assim, se a verdade é que vc não tem os outros 70% pra pagar o curso?
Não... não tem nada a ver com eu ter saído do emprego pra ficar em casa. O caso é que se eu continuasse lá, nada adiantaria pq o salário não pagaria as minhas contas, alguém pra tomar conta da Sofia + os 70% do curso. Sem chance...
O caso é que eu queria, sim, fazer essa pós, pq é realmente a área em que já trabalho e que quero me especializar. Mas eu nunca vi uma pós tão cara!!! Sendo assim, sem condições de fazer, passo pra frente. (aliás, a emperro! Pq nem posso passar a bolsa pra outra pessoa! rs)

É... com a mudança de vida que tive esse ano, meu receio tbm é esse: o curso é sexta à noite e sábado o dia todo. O sábado 'não é problema'. Mas a sexta... quem pega Sofia na escola e fica com ela até o marido chegar? Sabe... são questões que eu resolveria de um jeito ou de outro se eu conseguisse fazer esse curso!
Mas, sabe... é frustrante vc perceber que não vai ter a chance... que vai virar passado, só um papel e uma medalha que, sim, mostram o meu esforço na faculdade, mas que nem por isso eu tive como levar pra frente.

Pq estou escrevendo este post? Pq me formei em 07 de abril/10. A minha bolsa vence neste dia, daqui a 14 dias... O que dá pra fazer nesse meio tempo? Ganhar na Mega Sena e pagar o curso completo, de uma vez só!!! rs


* Ri e terminei o post com uma piadinha, mas tá difícil segurar a emoção por estar perdendo essa oportunidade. Sei que eu poderia ter me esforçado mais. Sei que parte dessa perda é minha culpa. Mas um dos motivos de eu ter saído do emprego dessa vez foi para não me acomodar em um emprego que não é para mim. Vou continuar tentando. Vou procurar. E mesmo que não seja agora, um dia eu vou fazer essa pós, pq eu vou procurar trabalhar na área e depois me aperfeiçoar, com certeza!

9 comentários:

Dani disse...

Nossa, que pena perder essa oportunidade.
Eu também terminei a facul e ainda não peguei o diploma, quanto os amigos dificilmente continuam amigos frequentes, infelizmente.

Ah, adorei o blog.

Beijos

Pri disse...

Querida Telma,

A tristeza é grande realmente por não conseguirmos realizar um sonho e ainda maior por se está "perdendo" uma oportunidade trazida com seu próprio esforço, sua própria medalha.

As vezes damos um passo para trás para dar dois pra frente.

Seu futuro certamente está garantido. Sua vontade é grande. E ela é o primeiro passo.


Sorte e força!

Bjin

Giuliana: disse...

Oi Telminha,

Nossa, me identifiquei totalmente com você neste post.=)

Bom, não ganhei medalha de destaque da turma, mesmo estando entre os melhores, mas isso não me afetou. rs

Agora, já faz 2 anos que me formei, uma luta árdua, e chegar até o fim foi gratificante demais, super emocionante. Todos esses detalhes que você comentou é sensacional saboreá-los. Porém, neste meio tempo não consegui trabalhar na minha área, conseqüentemente, não tenho experiência. E sinceramente, não sei se é o que gostaria de fazer, ao menos, sei que não posso falar que AMO DE PAIXÃO, mas ao menos me abre portas para outros ramos, digamos assim.

Sonho diariamente em fazer pós, tenho várias em mente, pesquiso, penso, calculo e no final das contas, não dá ainda.

É meio frustrante? É sim! Mas prefiro me apegar na esperança de que não importa quando, mas irei ainda fazer.

Então, vamos batalhando, em busca da realização de mais este sonho. ;oD

Bate aqui: o/

Beijos

luciana kotaka disse...

Olá Telma, vc ja verificou se nessa instituição que tera a pós, não tem como negociar? Normalmente eles tem um plano que ajuda vc a pagar em mais prestações, metade cursando, metade ja formada. Pelo menos tente, entre em contato, e só se dê vencida se caso não tiver como mesmo. Depois me conte. Bjks

Dona Amélia disse...

Oi frô...
SEi bem como é sentir-se assim, frustrada por querer tanto algo, ter meio caminho já percorrido e simplesmente ter que parar por não ter condições, momentâneas, de seguir em frente.

Mas sabe, acredito que tudo tem sua hora, se não dá pra ser agora, com os 360% off, quem sabe daqui à pouco vc faz, tendo condições de pagar os 100% ou melhor, ganhando outra bolsa com desconto ainda maior??
A gente não sabe nada do futuro. ;oD

tenha fé, sempre e deixe o rio seguir seu curso! ;oD

Mega xêros
Paty

Sheila disse...

Já formei há 5 anos... e nem sinal de pós. Na verdade um título ajuda, mas ele não é essencial. Não se preocupe. vc consegue sem ele e quando ele vier, vai ser na hora que for pra te favorecer. Fica triste com isso não. Só como consolo: Lembra do meu sonho de morar fora? Bom vc conhece bem a história... =]
Bjus!!!

Cintia Branco disse...

Telma,

Imagino que deve ser difícil ter uma oportunidade e, por vários outros motivos, ter que abrir mão, mas te digo com experiência que outras chances surgirão, às vezes de forma que você nem imagina, então tenha calma e continue acreditando em você e no seu potencial.
Quero te agradecer pelas palavras carinhosas lá no blog.
Grandes beijos e um ótimo final de semana

Denise Lopes disse...

Bem até 07 de abril de 2011 tem um jeito. Sabe sempre olhei as coisas dessa forma, e não sei se foi por que sempre acreditei ou busquei todas as oportunidades que fui conseguindo meus resultados. Acho que vc deveria ir lá na faculdade e conversar, fazer uma proposta...ver uma forma de negociar...Não desista de sua vontade, não aceite que tudo bem não vai dar agora, fica para depois ...tente até o fim, até queimar todas as possibilidades. Pelo menos você vai ter a certeza que fez a sua parte, vai se sentir mais leve, com todas as explicações necessárias...Mas se aceitar a dificuldade do momento, isso irá lá na frente virar frustação...Até 07 de abril tem tempo demais...corre, pensa, acredita, tenta...pelo menos tenta.

Beijos

Elaine Cristina disse...

Ah Telminha...

As vezes precisamos passar por coisas que queriamos esquecer.

Estou aqui para agradecer o carinho tah !

Bjs não desista nunca!